full screen background image
oscar

O boicote e a falta de representatividade negra no Oscar

Recentemente, Jada Pinkett Smith, Spike Lee, Will Smith e Snoop Dogg anunciaram um boicote à 88ª cerimônia do Oscar, alegando a falta de representatividade negra na premiação. O fato está sendo bastante repercutido na mídia e redes sociais.

 

Tal protesto não é inédito. Em 1987, Eddie Murphy também reclamou, dizendo que a premiação não era dada para atores negros. Segundo ele, “os negros e ele não seriam capazes de levar uma estatueta”. Em 2007, Murphy chegou a ser indicado por seu papel em Dreamgirls. Porém, quem levou o prêmio foi Alan Arkin, por Pequena Miss Sunshine.

 

123752--12-anos-de-escravidao-foi-o-primeiro-950x0-1

Com “12 Anos de Escravidão, Steve McQueen foi o primeiro cineasta negro a dirigir uma produção que ganhou o Oscar de Melhor Filme.

O Oscar, prêmio entregue anualmente pela Academy of Motion Picture Arts and Sciences (em português: Academia de Artes e Ciências Cinematográficas) em reconhecimento à excelência de profissionais na indústria cinematográfica. Suas principais premiações são: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Original e Melhor Roteiro Adaptado.

 

Até hoje, nas premiações de Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Atriz Coadjuvante, apenas quinze prêmios foram dados para negros e negras. Foram eles:

 

Hattie McDaniel, que recebeu o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em …E O Vento Levou (1939);

GoneMovie.com

Sidney Poitier, que recebeu o prêmio de Melhor Ator por seu papel em Uma Voz nas Sombras (1963). Em 2002, ele ganhou um Oscar Honorário “por suas performances extraordinárias e presença única na tela e por representar a indústria com estilo, dignidade e inteligência”;

Sidney-Poitier-as-detecti-001

Louis Gossett Jr., que recebeu o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel em A força do Destino (1982);

a3

Whoopi Goldberg, que recebeu o prêmio de Melhor Atriz coadjuvante por seu icônico papel da médium Oda Mae Brown, de Ghost — Do Outro Lado da Vida (1990);

whoopi_goldberg_019

Denzel Washington, que recebeu, em 1990, o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel no filme Tempo de Glória e, em 2002, o Oscar de Melhor Ator pelo filme Dia de Treinamento;

903154_denzel-washington-em-dia-de-treinamento

Cuba Gooding Jr. também recebeu a estatueta em 1997, por sua atuação em Jerry Maguire — A Grande Virada;

cuba-gooding-jr-jerry-maguire

— Em 2002 foi a vez de Halle Berry receber o prêmio de Melhor Atriz, por viver a personagem Letícia Musgrove em A Última Ceia;

a7

Jamie Foxx, em 2005, foi premiado com o Oscar de Melhor Ator pela sua representação majestosa na cinebiografia de Ray Charles;

ray

Morgan Freeman, após ser indicado três vezes ao Oscar pelos filmes Armação Perigosa (1967), Conduzindo Miss Daisy (1989) e Um Sonho de Liberdade (1994), finalmente ganhou a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante em 2005, por seu papel em Menina de Ouro. Em 2010, Freeman foi indicado pelo longa-metragem Invictus;

MORGAN FREEMAN as Scrap in Warner Bros. Pictures’ drama “Million Dollar Baby.” The Malpaso production also stars Clint Eastwood and Hilary Swank. PHOTOGRAPHS TO BE USED SOLELY FOR ADVERTISING, PROMOTION, PUBLICITY OR REVIEWS OF THIS SPECIFIC MOTION PICTURE AND TO REMAIN THE PROPERTY OF THE STUDIO. NOT FOR SALE OR REDISTRIBUTION.

— Em 2007, Jennifer Hudson ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por Dreamgirl;

jennifer-hudson1

Forest Whitaker também integrou esta lista em 2007, ao interpretar o ditador africano Idi Amin em O Último Rei da Escócia;

18711885.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Mo’Nique foi premiada em 2010 com o Oscar na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel no drama Preciosa- Uma História de Esperança;

19195307.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

— Na 84ª edição do Oscar, em 2012, Octavia Spencer recebeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por sua interpretação da empregada doméstica Minny em Histórias Cruzadas. Após ter levado o Globo de Ouro e o prêmio do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos, Octavia era considerada a favorita para o prêmio.

Octavia-Spencer-Histórias-Cruzadas-final

— Por último, temos Lupita Nyong’o, que recebeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2014, por seu papel em 12 Anos de Escravidão.

12-Anos-de-Escravidão-Lupita-Nyongo

É fato que, em outras categorias, outros negros receberam algumas premiações (também não foram muitas), como o cineasta Steve McQueen que, em 2014, foi o primeiro cineasta negro a dirigir uma produção que ganhou o Oscar de Melhor Filme com 12 Anos de Escravidão, e John Ridley, que ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado pelo mesmo filme.

 

80041

Charles Randolph, único negro indicado ao Oscar por Melhor Roteiro Adaptado com o filme “A Grande Aposta”.

Olhando para a lista acima dos Oscars de Melhor Atriz, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Ator Coadjuvante para negros e negras, fica evidente a falta de representatividade negra na premiação. De 348 prêmios distribuídos em 87 edições do Oscar, apenas 15 foram entregues para negros. Isso equivale a apenas 4,31% dos prêmios para atores e atrizes negros contra 95,69% dos prêmios para atores e atrizes brancos. A diferença é gritante! A falta de representatividade pode ser observada no elenco dos filmes, quando, salvo exceções de alguns filmes, a grande maioria dos atores é branca.

 

Na 88ª edição do Oscar, em 2016, que acontecerá no dia 28 de fevereiro, nenhum ator ou atriz negros irão concorrer ao Oscar. O único negro que concorrerá será Charles Randolph que, junto com Adam McKaym, concorre ao prêmio de Melhor Roteiro Adaptado com o filme A Grande Aposta. Inclusive, o filme Straight Outta Compton – A História Do N.w.a., que promove a explosão do gangsta rap e trata da cultura do negro da periferia e que concorre ao Oscar de Melhor Roteiro Original, não tem nenhum negro ou negra representando a obra na premiação.

 

 



Raniere Sofia, 33 anos, criador da Encontros Literários, leonino, nascido em Angra dos Reis, morador do Rio de Janeiro, vascaíno, escritor, estudante de Estatística na UERJ, fã de Stephen King, Tolkien, Star Wars, Marvel, C.S. Lewis, Douglas Adams, e Doctor Who (começou a acompanhar a série clássica em 2014). Leitor compulsivo e cinéfilo.