full screen background image
11752523_892711680802590_8802113998092165779_n

A excelente estreia de Vivianne Geber com “Missão Pré-Sal 2025”

Nas palavras de George R.R. Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo, “um homem comum vive apenas uma vida, um leitor vive várias”. O contato que temos com um livro é muito mais íntimo do que com um filme, pois, enquanto somos meros espectadores durante um filme, na leitura nós mergulhamos na história, enquanto imaginamos os cenários, os personagens, suas vozes e os acontecimentos. Após o escritor escrever sua história, o leitor termina de criá-la, dentro de sua cabeça. Sendo assim, a sensação de se surpreender com um livro é muito mais intensa e maravilhosa, e mais prazeroso ainda é quando esta obra é o primeiro contato entre o leitor e algum escritor. Foi assim que me senti ao ler Missão Pré-Sal 2025, o livro de estréia da autora brasileira Vivianne Geber.

 

Em Missão Pré-Sal 2025, Rodolfo Ruppel é enviado à Londres, sob o pretexto de participar de um evento relacionado à defesa naval, mas com a missão secreta de recuperar informações roubadas do Projeto Pré-Sal 2025. Após a engenheira naval Victória Borges fazer contato com Ruppel, ele começa a receber instruções, vidas de um remetente desconhecido, criptografadas na série “Os Girassóis”, de Van Gogh. Porém, Ruppel começa a notar algumas discrepâncias na sua missão e acaba descobrindo uma extensa rede de corrupção.

 

Os personagens criados por Vivianne Geber são bastante fortes e verossímeis, fazendo o leitor vê-los como humanos. O protagonista Rodolfo Ruppel, descrito como um eficiente oficial da Marinha Brasileira, tinha tudo para cair no clichê “James Bond”, o agente que nunca erra, nunca falha, nunca morre e todas as mulheres ficam aos seus pés (confesso que, no início, achei que seria isso que aconteceria). Porém, Vivianne Geber não o fez parecer um super-humano perfeito, fazendo com que o livro ficasse ainda melhor.

 

Outro fator que ajudou na construção da história foi o fato da autora Vivianne Geber conhecer bem o assunto abordado no seu livro. Sendo militar há 17 anos, prestando assessoria jurídica à Marinha do Brasil, Vivianne faz com que os diálogos, os contatos, as ordens e as ações relacionadas ao oficial Ruppel sejam mais reais, e ajudando no excelente enredamento dos fatos.

 

Aos amantes de histórias de ação, aos leitores de James Patterson, Harlan Cobben, Tom Rob Smith e Gregg Hurwitz, recomendo Missão Pré-Sal 2025 e os próximos livros da autora Vivianne Geber. A autora não apenas estreou no nível dos autores citados como se mostrou mais uma promessa para a literatura brasileira moderna.

FICHA TÉCNICA:

Título: Missão Pré-Sal 2025
Autor: Vivianne Geber
Editora: Record
Ano: 2015
Páginas: 252
Capa: Brochura
Idioma: Português
Edição: 1ª
ISBN: 978-85-01-10428-1



Raniere Sofia, 33 anos, criador da Encontros Literários, leonino, nascido em Angra dos Reis, morador do Rio de Janeiro, vascaíno, escritor, estudante de Estatística na UERJ, fã de Stephen King, Tolkien, Star Wars, Marvel, C.S. Lewis, Douglas Adams, e Doctor Who (começou a acompanhar a série clássica em 2014). Leitor compulsivo e cinéfilo.