full screen background image
0

Conheça os lugares mais sombrios da alma em Escuridão total Sem Estrelas

Os contos de Escuridão Total Sem Estrelas se assemelham aos contos de Quatro Estações, também de Stephen King. Nos dois livros, King se aprofunda na alma humana, mostrando a maldade que existe nesta. Porém, em Quatro Estações, King nos apresentou personagens que já eram maus de fato, enquanto em Escuridão total Sem Estrelas, ele nos mostra personagens que, no decorrer da história (ou no início dela), descobrem o lado sombrio de suas almas.

 

O livro possuí quatro contos: 1922, Gigante do Volante, Extensão Justa e Um Bom Casamento. Neles, as piores características humanas são exploradas: cobiça, inveja, rancor, ódio, avareza e vingança.

 

Apesar do nome sombrio, Escuridão Total Sem Estrelas trata do próprio lado ruim da alma. O livro nos apresenta sentimentos negativos que surgem em certas circunstâncias e que, se o indivíduo permitir, agem como um buraco negro, destruindo todas as virtudes e deixando, no seu lugar, o mal.

 

1922 é o único conto de terror no livro. Este é escrito como uma carta que o agricultor Wilfred escreve nos últimos momentos de vida. Nesta cara, ele conta sobre o ano de 1922, no qual sua esposa tinha recebido, como herança de seu pai,

Stephen Edwin King (Portland, 21 de setembro de 1947) é um escritor americano, reconhecido como um dos mais notáveis escritores de contos de horror fantástico e ficção de sua geração. Os seus livros venderam mais de 350 milhões de cópias, com publicações em mais de 40 países. Muitas de suas obras foram adaptadas para o cinema. É o nono autor mais traduzido no mundo. (fonte: Wikipedia)

100 acres de terra. Ela pretendia vender estes acres para um matadouro de porcos e se mudar para a cidade. Já Wilfred, que amava sua fazenda e não queria ver os rios poluídos por causa de tal matadouro, tentava fazê-la mudar de ideia. Como ela não mudou, ele convenceu seu filho a ajudá-lo a matar sua esposa. Porém, a questão dos acres não é interrompida pela morte.

 

Gigante do Volante, por sua vez, é uma história bem pesada, mesmo não sendo terror. Nele, conhecemos Tess, uma autora de livros de mistério. Após uma sessão de autógrafos, ela é informada de um atalho para casa. Porém, neste atalho, ela acaba caindo numa armadilha e sendo estuprada e é largada à beira da morte em um bueiro, junto com as vítimas anteriores do criminoso. Porém, Tess consegue sair viva, e resolve que o estuprador não merece apenas ser preso: ela quer se vingar. Nisso, Tess descobre um lado desconhecido e sombrio de si mesma.

 

Dave Streeter é um homem com câncer terminal, que tem inveja do seu amigo de infância que, além de ser bem sucedido e ter filhos bem sucedidos, casou com a mulher que Dave era apaixonado quando jovem. Em Extensão Justa, Dave encontra um estranho vendedor que oferece um pacto para seu câncer ser curado e sua família ser bem sucedida; em troca, Dave tem que depositar uma quantia de sua renda em uma conta bancária. Porém, todos os seus males não serão, de forma alguma eliminados; eles apenas serão direcionados para outra pessoa. Extensão Justa é um conto sobre rancor e inveja.

 

Um Bom Casamento nos mostra exatamente o que diz o nome do conto: um bom casamento que dura mais de vinte anos. Porém, Darcy Anderson descobre, ao encontrar uma caixa em sua garagem, que este “bom casamento” é uma mentira, e conhece um lado totalmente cruel de seu marido.

 

Em Escuridão Total Sem Estrelas, somos levados para lugares obscuros, sem esperança e nem compaixão, e a única coisa que podemos fazer é nos encolher em um cantinho, indefesos, com medo de que tais lados sombrios da alma existam dentro da gente, e torcendo para nunca descobrirmos se eles existem ou não — ou para nunca encontrarmos alguém que já tenha descoberto este lado.

Em outras palavras, Escuridão Total Sem Estrelas nos faz compreender Dr. Jekyll e temer encontrarmos nosso próprio Mr. Hyde.

Ficha técnica:

Título: Escuridão Total Sem Estrelas
Título original: Full Dark No Stars
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Capa: Brochura
Edição: 1º
Ano: 2015
Número de páginas: 390
Tradução: Viviane Diniz
ISBN: 978-85-8105-275-5

 



Raniere Sofia, 33 anos, criador da Encontros Literários, leonino, nascido em Angra dos Reis, morador do Rio de Janeiro, vascaíno, escritor, estudante de Estatística na UERJ, fã de Stephen King, Tolkien, Star Wars, Marvel, C.S. Lewis, Douglas Adams, e Doctor Who (começou a acompanhar a série clássica em 2014). Leitor compulsivo e cinéfilo.