full screen background image
12190535_1512563789069068_534563110_o

Um vilarejo invadido por clichês

Um vilarejo que recebe a visita de um velho e, após esta visita, uma maldição cai sobre o lugar e seus moradores são praticamente dizimados. Este é o enredo de O Vilarejo, livro escrito pelo autor Raphael Montes. Esta história, que é baseada nos sete pecados capitais e contada de forma não-linear, tinha tudo para ser um livro épico. Infelizmente, mesmo com uma narrativa competente do Raphael Montes, o livro não atendeu as expectativas que gerou.

O Vilarejo,  que teve uma edição extremamente linda, é um livro curto, e a história dos moradores do vilarejo amaldiçoado é contado através de contos, cada um intitulado com o nome do demônio ao qual o respectivo pecado é atribuído, e tais contos são organizados em ordem aleatória. Algumas cenas, que causaram repugnância e desespero, ficaram gravadas na minha memória. Porém, estas cenas são minorias, e perdem lugar para um conjunto de clichês previsíveis.

Porém, não foram os clichês que mais me incomodaram. Mesmo com eles, o livro é, sim, bem divertido. O que me desapontou foi o final do livro. Foram dois os motivos da minha decepção:

1) O autor, ao final do livro, colocar o vilão para explicar tudo o que ele fez, assim como suas motivações. Poxa, Raphael! O desconhecido amedronta, e quando o seu personagem se explica, o terror perde muito de sua essência. Além do mais, tudo o que o “velho” explicou já estava bastante claro. Senti como se minha inteligência estivesse sendo menosprezada.

2) É inegável que Raphael Montes tem uma excelente narrativa. Todas as cenas descritas pelo autor podem ser visualizadas com perfeição, e a imaginação é atiçada de tal forma que, em algumas cenas (uma em especial), a dor que o personagem sofre é sentida pelo leitor. Então, acho que colocar a foto de uma personagem no final do livro, ao invés de descrevê-la, foi desnecessário e decepcionante. Sim, eu entendi o que o autor pretendia, mas não deu certo, infelizmente.

Apesar de ter me decepcionado com O Vilarejo, livro que teve seu potencial desperdiçado, eu irei prestar mais atenção no Raphael Montes. Este livro foi o primeiro que li do autor, e achei sua narrativa muito boa. Creio que ainda vou me surpreender bastante com o autor.

FICHA TÉCNICA:

Título: O Vilarejo
Autor: Raphael Montes
Editora: Suma de Letras
Ano: 2015
Páginas: 96
Capa: Brochura
Idioma: Português
Edição: 1ª
ISBN: 978-85-8105-304-2



Raniere Sofia, 33 anos, criador da Encontros Literários, leonino, nascido em Angra dos Reis, morador do Rio de Janeiro, vascaíno, escritor, estudante de Estatística na UERJ, fã de Stephen King, Tolkien, Star Wars, Marvel, C.S. Lewis, Douglas Adams, e Doctor Who (começou a acompanhar a série clássica em 2014). Leitor compulsivo e cinéfilo.