full screen background image
dungeonsanddragons-809477

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR NA INICIATIVA D&D?

O RPG Dungeons & Dragon – ou D&D, como é chamado – sempre foi alvo de controvérsias. Amado por uns e fortemente odiado por outros, D&D já foi de puro objeto de entretenimento, a alvo de acusações de satanismo e bruxaria, etc. Mas afinal de contar, o que é D&D?

Mesmo que você nunca tenha jogado D&D, você provavelmente já ouviu falar nele. (pág. 12)

D&D é um RPG (ou seja, um role playing game) de fantasia medieval desenvolvido originalmente por Gary Gygax e Dave Arneson, publicado por volta de 1974 nos Estados Unidos, e teve como principalmente inspiração os wargames de miniaturas, e é considerado até hoje com o primeiro RPG já criado.

Uma mesa de Dungeons & Dragons

 

David M. Ewalt vai fundo nas origens do jogo e em suas regras. Nos explica o que é um RPG, para que serve e como jogá-lo, bem como o próprio D&D surgiu. Em sua pesquisa para o livro, o autor busca desde os jogos de estratégia que serviram de ponto de partida para o desenvolvimento do atual D&D até as diferentes versões que o jogo tomou antes de consolidar-se da forma como o conhecemos, ou da forma que foi pela primeira vez para o mercado.

O sistema das partidas é bem diferente de outros passatempos. Em uma sessão de Detetive, você precisa resolver um assassinato misterioso, mas deve fazer isso movendo seu peão por um tabuleiro e lendo cartões do jogo. Se Detetive fosse jogado como D&D, você poderia pegar o cano de chumbo, arrancar uma confissão do coronel Mostarda e fazer sexo com a senhorita Rosa na mesa do conservatório. (Pág. 16)

É a partir daí, explicando o D&D para os leigos, trazendo cenas de batalhas épicas em partidas jogadas ou inventadas por ele, entre aspectos históricos e culturais do jogo, bem como políticos e ideológicos que envolveram e envolvem o jogo desde sua concepção até os dias atuais, e por meio de várias referências nerds de peso como a Star Wars, Star Trek, Doctor Who, Harry Potter e Tolkien que David M. Ewalt nos conduz nessa jornada.

A existência do jogo é inegável. É possível negar, se se quiser, quase todas as abstrações: a justiça, a beleza, o bem, Deus. É possível negar-se a seridade, mas não o jogo. (HUIZINGA, 1980, p. 6)

Ficha técnica:

 

Título: Dados e Homens: A História de Dungeons & Dragons e de seus jogadores
Título Original: Of dice and men: The story of Dungeons & Dragons and the people play it
Autor: David M. Ewalt
Tradução: Rodrigo Salem
Editora:
Record
ISBN: 9788501107473
Idioma: Português
Ano: 2016
Páginas: 322



Graduando em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Fã de Stephen King e Oscar Wilde, mantenho ainda vivo o sonho de escrever profissionalmente; Amante de cinema, séries, quadrinhos e músicas. Descobri na arte uma forma de suportar a vida.